Site G

Sex Shop Site G

Pesquisa do Google

Pesquisa personalizada

quarta-feira, 23 de março de 2011

Visitando uma casa de Swing em Curitiba

Quem nunca teve vontade de visitar uma casa de Swing?
Tenho certeza que muita gente, mas entre ter vontade de ir a uma e ir realmente, há muita diferença.
Como moro em Curitiba no Paraná, tenho diversas opções de casas em que o Swing é autorizado, como o Fantasias, Desiree, Vênus, Pepper Club e Liberty House, só conheço as duas primeiras.
A primeira vez que fui foi bem complicado, visitei o Fantasias Swing Club em Curitiba, foi no meio de um feriado, fui com minha esposa, mas não fizemos nada, antes que algum apressadinho diga algo. Ao chegar no endereço já estranhamos, pois fica numa rua deserta com muro alto e, somente um portão de ferro com o número bem grande, parece até um terreno abandonado para quem vê de fora.
Como não sabia o que fazer, dei uma buzinada e logo o portao foi aberto, entrei com meu carro e fui até a entrada, onde haviam recepcionistas e manobristas.
As recepcionistas foram superatenciosas ao mostrar a casa. No início aparece uma danceteria nomal, pois tem uma sala com o bar, uma pista de dança com diversas mesas e muita música, perfeita para quem vai somente dançar, mas o segredo fica no interior, pois há diversos lugares, com colchoes enormes que servem para diversos casais ao mesmo tempo, salas com buracos na parede, que não entramos por motivos óbvios, dark room, que também não entramos, e consiste num corredor completamente escuro, no qual acontece de tudo, segundo informações dos funcionários da casa, o Dark Room é em formato de labirinto.
Haviam ainda algums quartos exclusivos, que podiam ser fechados por dentro e mais alguns quartos abertos, em que as pessoas podiam transar e convidar outros para fazer parte da festa.
Resumidamente, este é o Fantasias Swing.
Conhecei também o Desiree em Curitiba, este fica num lugar afastado, numa estradinha às margens de uma rodovia, e não tem muros altos, pois fica num lugar completamente deserto.
Ao chegar de carro, é só parar na entrada que o manobrista já estaciona o carro. No Desiree, quem recebe é o proprietário, Maurício, a casa também é bem bonita, no início não parece uma casa de Swng, pois tem uma sala com bar na entrada, logo após tem a pista de dança com diversas mesas e sofás, nesta sala, já é possível sentir o cheiro do sexo, pois há uma passarela em que diversas mulheres dançam somente de calcinha e sutien, em alguns casos sem sutien e até mesmo sem calcinha. Algumas mulheres se pegam de verdade na pista mesmo.
E como no Fantasias Swing, atrás da pista existem alguns quartos com colchoes enormes, e salas privatidas ou não. Também há alguns sofás coletivos para a troca de casais e o swing. Há também um quarto de vidro, conhecido como aquário, em que as pessoas que estão fazendo sexo ou swing não vêem quem está fora, mas é possível ver tudo de fora para dentro.
Nunca fiz nada em casa de Swing, mas o tesão é enorme.
Vale a pena conhecer, nem que seja somente para olhar.
Um fator que achei bem interessante é o respeito das pessoas que la dentro estão, pois são as mulheres que tomam a iniciativa, e os homens só fazem algo se forem convidados a fazer ou participar.




Nenhum comentário:

Postar um comentário